Monday, November 21, 2005

TEMPO DE DESEJO

Pela janela dos meus dias vejo a chuva a cair no chão e a deixar alagadas as sensações do momento. Sinto o vento entrar no desejo de te sentir. Procuro as nuvens onde deposito palavras da minha imaginação. Renego o sol que mal aparece nestes dias tristes... renego o desejo das sensações... alago o meu chão com o teu desejo e pela janela vejo o sol a querer entrar nos meus dias.

1 Comments:

Anonymous João said...

Que bonito! Eu gostei. Não sei o que falar; só queria falar que gostei. Pois então: feito.

9:26 AM  

Post a Comment

<< Home