Tuesday, January 10, 2006

VOAR

Deste-me as asas para voar no céu de intensidades,
Eu não tive medo da altura do abismo e voei...
Agora voamos em conjunto olhando o mundo de cima.
Vemos a mesma realidade, as mesmas casas sempre presas,
Vemos a natureza a crescer e o rio sempre na mesma direcção...
Vemos as pessoas a passarem e admirarem o nosso vôo,
Vemos tudo em silêncio do nosso verdadeiro mundo...
Aquele que deixamos para tras quando decidimos voar.

2 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Amei

2:39 PM  
Blogger Ana Maria said...

querida Monica gostei muito dos teus trabalhos, tens futuro no meu entender só tens que ser conhecida neste meio.
Eu talvez te possa ajudar!talvez!a

4:38 AM  

Post a Comment

<< Home