Wednesday, February 15, 2006

HUMANOS

Na recusa das realidades enfrentamos dilemas de conexões.
Dualidades que se debatem na intemporalidade da sua existência.
Trazemos contruções de fantasias e histórias enraizadas.
Fazemos uma novela com encruzilhadas e desorientações
Construimos dramas com o amor e as emoções.
Procuramos um sentido metafísico para explicações.
Tentamos perceber a natureza destruindo-a.
Assim somos humanos, humanistas, amorosos suicidas.

1 Comments:

Blogger Ana Maria said...

está muito completo este texto-gostei e identifico-me com ele na integra!

um jinho

2:07 AM  

Post a Comment

<< Home