Wednesday, June 14, 2006

ENCONTRO

Ardemos na plantação das metáforas no teu colo.
Sentimos a chama do encontro entre os olhos e as palavras.
Corremos o dicionário num ápice de envolvimento
E sublinhamos as palavras que descrevem o nosso texto.
Adicionamos adjectivos às páginas que saboreamos
E procuramos definições para os verbos que beijamos.
Resumimos a linguagem a uma palavra de encontro.

3 Comments:

Blogger AS said...

"Ardemos na plantação das metáforas no teu colo.
Sentimos a chama do encontro entre os olhos e as palavras."

Lindo!...

Mas em todas as metáforas do amor
A gramática das palavras pouco importam
O que interessa é revelarmos sem pudor
O sentido e o valor que elas comportam...


Um beijo...

11:19 AM  
Blogger Pink said...

Olá, vim retribuir a visita lá ao meu cantinho e ... encontrei um post belo!

Muito bonita esta poesia que recorre a imagens da nossa língua e gramática! No fundo ficam os sentires!

Um beijo

7:32 AM  
Blogger Luís Monteiro da Cunha said...

Resumindo e concluindo, o importante é o "Encontro" mesmo se adjectivado


gostei amiga

Bjinho

9:49 AM  

Post a Comment

<< Home