Sunday, July 30, 2006

LA SODADE

"Na antiguidade os sábios discutiam sobre o peso da alma
e em Cabo Verde existe uma medida precisa: la sodade (saudade)."
Estilhaçam-se os desígnios na intempérie da vontade versus o espaço.
Não encontro o planeta que flutua no mar de desejo e gira sem parar.
Não me aquece a manhã que acorda cansada do vento nocturno.
Não ampara os passos que teimam em calcar a água em vez da terra.
Não devolve os sonhos que pousei na excentricidade dos dias.
É uma medida precisa de horas vazias e minutos de intenso silêncio.

3 Comments:

Blogger AS said...

Talvez os sábios discutissem o peso da alma. Não sei!
Mas fascinou-me "la sodade" e todos os conceitos que a compõem!
Um verdadeiro poema!... Adorei!

Um beijo Mónica... e uma boa semana

4:03 PM  
Anonymous Ramiro Junior said...

Nhaaii... O texto é belo...

"É só você que tem a cura p'ro meu vício de insistir nessa saudade que eu sinto de tudo que eu ainda não vi..." Índios - Legião Urbana

Sempre me lembro dessa música quando o assunto é saudade... ^^

2:52 AM  
Anonymous Anonymous said...

coincidences camox rohit shared undafs seconline searchable track pushing costsany rashmi
semelokertes marchimundui

11:13 PM  

Post a Comment

<< Home